Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

"Todo político tem um dono ou vários"!

Imagem
O título deste artigo foi extraído da entrevista que a Ex-Ministra do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) Eliana Calmon, hoje aposentada, deu para a revista IstoÉ (Edição 2446 de 21/10/2016) . "Nesse mundo de poder cada um tem um dono" : essa foi a frase publicada pela referida revista e creditada como sendo de sua autoria. Em outras palavras, todo político teria o "rabo preso" com algum, alguns ou todos os patrocinadores de campanha!   *Veja a obra LAVA JATO de Vladimir Netto - aqui. *Veja, também, "Diários da Presidência - 1995", aqui. Bem, qual a novidade nisso?   Qualquer um neste país de corruptos sabe disso, inclusive eles, os políticos, só não tem coragem para assumir como fez a Ex-Ministra Calmon ao ser perguntada pela redação da IstoÉ. A pergunta em questão veio do fato de ela também ter sido candidata a Senadora pelo Estado da Bahia em 2014 pelo PSB (não foi eleita).  Abaixo dois trechos da entrevista da IstoÉ: "Todo mun

Estelionato religioso!

Imagem
Pastor lendo a Bíblia ESTELIONATO: Art. 171 DO CÓDIGO PENAL - DECRETO LEI 2848/40   - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento: Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis (valores em reais hoje) § 1º  - Se o criminoso é primário, e é de pequeno valor o prejuízo, o juiz pode aplicar a pena conforme o disposto no art. 155, § 2º  - Nas mesmas penas incorre quem: Disposição de coisa alheia como própria I  - vende, permuta, dá em pagamento, em locação ou em garantia coisa alheia como própria; Alienação ou oneração fraudulenta de coisa própria II  - vende, permuta, dá em pagamento ou em garantia coisa própria inalienável, gravada de ônus ou litigiosa, ou imóvel que prometeu vender a terceiro, mediante pagamento em prestações, silenciando sobre qualquer dessas circunstância

Casamento: uma forma “legal” de ratificar o amor que às vezes até funciona

Imagem
- Ahhh o amor, como é lindo!  No entanto, para a maioria dos casais o mais lindo e gratificante é o dia do SIM, o dia em que é ratificado, definitivamente, esse “amor” por meio de um “contrato de casamento”.  Parece frio tratar do casamento dessa forma, mais foi como um contrato, para fins de enriquecimento, que tudo começou. A celebração do casamento surgiu na Roma Antiga. Durante muito tempo as pessoas se casavam para ganhar um dote, um meio honrado de enriquecimento, e para ter filhos legítimos que perpetuariam o nome do pai.  No início não era obrigatório ter a bênção de um sacerdote. Esse costume só foi oficializado depois do Concílio de Trento, no século XVI.  Já o casamento civil só surgiu bem depois, em 1650, na Inglaterra. Além do mais não era bem o amor entre as partes que reinava nesse contrato, era apenas uma forma de unir as duas famílias envolvidas. E o beijo?  - Por que essa tradição do beijo quando termina a cerimônia? Essa é outra particularidade que significa

Os miseráveis!

Imagem
Quem assistiu o filme (o musical) "Os miseráveis" e tem um mínimo de sensibilidade saberia dizer o que sentiu Anne Hathawauy ao levar o Oscar de melhor atriz coadjuvante do ano de 2013. Na época ela afirmou que fingiu felicidade quando subiu ao palco para receber o Oscar! Mas por que Anne teria agido assim se o normal, o corrente é a pessoa se sentir feliz quando recebe um premio de reconhecimento!? Porque nem sempre as pessoas estão felizes com a vida (e com mundo); quando é assim, nem mesmo um prêmio de reconhecimento satisfaz e acalenta o coração entristecido. Veja alguns exemplos de pessoas que foram premiadas e recusaram ou não compareceram:  Jean-Paul Sartre, Pensador, Filósofo e Escritor, ele recusou o Nobel de Literatura e todos os outros prêmios que lhe foram "dados"; os porquês disso são muitos, por isso ficarão para uma próxima; outro a recusar o Nobel, desta feita o da PAZ, foi o Vietnamita Le Duc Tho (recusou afirmando que a situação de s

Vingança virtual: a fama que ninguém quer

Imagem
Médicos, Músicos, Artistas, Advogados, Youtubers, e toda classe de profissionais, na maioria das vezes, o que buscam, é reconhecimento profissional e fama; em decorrência disso, a estabilidade financeira. No entanto, quando a fama vem de algo inesperado e não tem nada a ver com a vida profissional da pessoa, e é somente voltada para o mal, as consequências poderão ser "devastadoras" para o envolvido(a) e até para os familiares. Imagine que você viva no "anonimato"; que é conhecida apenas pela família, amigos e colegas de trabalho; de repente se vê envolvida em uma turbulência de aparições e mensagens na internet - todas elas mostrando você como veio ao mundo ou, pior, fazendo publicidade com sua foto como se fosse uma prostituta a oferecer serviços! figura por guiame.com O que parece pesadelo pode se tornar realidade na vida de qualquer mulher que um dia vier a se fotografar nua, fazer filmagens sexys ou mesmo postar fotos na internet (independent

Medo da morte!

Imagem
Por que as pessoas temem tanto a morte?  Isso se verifica, especialmente, nas que creem em um "ser superior", em uma vida melhor após esta ou na reencarnação! Parece contraditório que as que mais creem em algo melhor depois daqui se apavorem tanto e roguem tanto para seguirem vivas mesmo que suas vidas sejam falidas, infelizes e frágeis! Gente, o mundo não é um lugar bom, muito menos saudável!  Aqui, na maioria dos países desse mundo (terra), é "cobra, comendo cobra"!  Especialmente nas nações mais religiosos e nas mais pobres!  Infelizmente, na maioria das vezes, essa violência vem da discriminação e intolerância religiosa; no caso das pobres isso se dá porque os que estão no poder creem donos dele - arrebatam tudo, não distribui renda, se corrompem, esquecendo de vez do restante da população, assim só sobreviverão saudáveis e "humanos"os mais fortes! (ex.: de países pobres, renda mal distribuída, corruptos e violentos são a Africa e o Brasil -

SUA MODA CASUAL

SUA MODA CASUAL
clique pra mais modelos

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *