Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

"Nota zero" para estudantes que fizeram o ENEM em Fortaleza! Cidadania e respeito ao meio ambiente deveriam fazer parte do conteúdo do exame

Imagem
Fortaleza é uma cidade linda! Uma das que mais atraem turistas brasileiros e estrangeiros, no entanto muitos dos que vem para ca (em especial os estrangeiros que buscam apenas turismo, não mulheres) não voltam mais. É muita sujeira por metro quadrado! Os povos Europeus, por exemplo, não estão acostumados a ver tanto lixo jogado pelas ruas. Na maioria dos países da Europa há regras até de horário para retirada o lixo de dentro de casa; os cães ao sair com seus donos, estes devem estar munidos de saquinhos para coleta das fezes. Há lixeiras limpas e inteiras por toda a cidade e as pessoas tem consciência e quando não, sentem pelo menos vergonha de atirar seu lixo pelo chão! Já aqui, nesse país de "salve-se quem puder" (em todos os sentidos), o lixo é espalhado pelas ruas como se fosse a coisa mais normal do mundo. Em algumas cidades mais "normal que nas outras", esse é o caso de Fortaleza. Felizmente alguns municípios vem criando leis que, futura

“Chuta que é macumba”!

Imagem
A maioria dos brasileiros já ouviu a frase título desse texto:  “chuta que é macumba”! Lamentavelmente, grande parcela dos que proferem não se dão conta do quão preconceituosos e intolerantes estão sendo com as religiões de matizes africanas.  Os praticantes do Candomblé e da Umbanda geralmente realizam o congá (nome real da “ macumba" - motivo maior de zombaria entre os NÃO PRATICANTES). Esses indivíduos tratam do assunto de forma jocosa - certas ocasiões embaraçam cultos e em outras partem para agressão e destruição dos locais, e dos objetos considerados sagrados pelos seguidores.  Poucos dias antes da REedição deste artigo (setembro 2017) lemos uma reportagem sobre intolerância religiosa: algumas mobilizações contra o preconceito religioso (no Rio e SP) , foram realizadas. Outra notícia recente de intolerância foi o vandalismo no Busto do túmulo onde está sepultado Chico Xavier .  A agressão foi tamanha que chegou a trincar o vidro, que é blindado, e protege a

"Doutor estagiário"!

Imagem
Faz algum tempo, publiquei, no JusBrasil, um texto que nomeei com o seguinte título: “ Doutor é quem fez doutorado ”!  Com ele recebi muitos comentários concordando, outros questionando, alguns “ explicando ” e até criticando o motivo pelo qual acreditavam que sim ou que não “mereciam ou deveriam” ser tratados por Doutor, mesmo sem possuir Doutoramento! Hoje o assunto é outro, todavia bastante semelhante. Quem nunca, durante a faculdade, já estagiário (a) foi, “erroneamente”, tratado de Doutor até mesmo por Magistrados? Pesquisando em dicionário (charg autoria não identificada) Eu sim, por várias vezes e confesso que gostava muito, meu ego ia lá para cima mesmo sabendo que de Doutora não tinha nada. Hoje, teria outra mentalidade a respeito e não aceitaria! O pior não é isso: alguns educadores tem a capacidade de, equivocadamente, orientar os estudantes que acabaram de ingressar no curso de Direito a tratar uns aos outros de doutores para “irem acostumando”

SUA MODA CASUAL

SUA MODA CASUAL
clique pra mais modelos

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *