Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

PELE HUMANA: Curiosidades sinistras, ou será que não?

Imagem
Você seria capaz de sair por aí com uma bolsa de luxo, fabricada com pele humana? Quiçá, comprar um par de scarpins ou botas super estilosas e confortáveis, fabricadas com o referido material; ou talvez uma jaqueta, maleável, quentinha e única nos detalhes e na obtenção e curtição da "couro" (humano), utilizado? Parece estranho, nojento e até bizarro, não é?  No entanto, a maioria de nós NÃO acha bizarro, muito menos asqueroso, sair por aí expondo a cara e a pele de uma onça pintada, de um crocodilo, uma serpente, uma zebra e até de jumentos, em formato de bolsas, sapatos, carteiras, jaquetas, botas, etc; muito pelo contrário, às vezes até sentimos orgulho de nos expôr com peças exclusivas e de marca. A verdade é que, de uma forma ou de outra, nós somos um "bando de assassinos" em busca de prestígio e "fama"!  Todos querem se aparecer carregando uma marca famosa; todavia, não ganham nada por isso, PIOR, pagam caro para expôr a marca de alguém

Calcinha anti-estupro; você usaria?

Imagem
Alguém ainda se recorda da polêmica que houve nos Estados Unidos (EUA), em 2013, com o possível lançamento de uma calcinha considerada "anti-estupro" ?   A polêmica se deu com as feministas.  Segundo elas nenhuma mulher precisa (ria) usar uma vestimenta assim para se mostrar contrária a uma violência dessa natureza ( "O único responsável pelo estupro é o estuprador" ), no que concordo plenamente. A calcinha de que falamos foi fabricada no início do ano de 2013 com um material super resistente. Cortes quase impossíveis de serem feitos, puxões e rasgões nem se fala!   A única maneira de retirá-la do corpo da mulher seria com o consentimento dela haja vista estar fechada com "cadeado" de senha memorizada - sendo assim, ao vestí-la será melhor introduzir uma senha de fácil recordação; imagine esquecê-la num momento crucial de dor de barriga, por exemplo!? foto por 1.folha.uol.com.br Não tenho conhecimento se a calcinha foi produzida em alt

Quando ser esposa é pior que ser amante

Imagem
O título desse texto não é uma pergunta, é uma "afirmação" baseada na visão que tenho acerca de certas mulheres que estão casadas no papel (e apenas no papel).  Mulheres que vivem suas vidas baseadas na companhia masculina e por mais que sofram com a infidelidade e grosseria (física e emocional) praticadas pelo marido não os deixam; muito pelo contrário, quando tomam conhecimento de que o esposo está com alguma amante fixa ou passageira fazem de tudo para saber o paradeiro da "sócia" e dar-lhe uma "sova" ou expô-la ao ridículo não sabendo que, no final das contas, as ridículas também serão elas (ridículas, mal vestidas, mal amadas e, acima de tudo "amélias de seus senhores", afinal quem ganha atenção, carinho, presentes  e palavras bonitas são as amantes - as esposas são as mães e na maioria das vezes, domésticas não remuneradas). Na minha humilde opinião, quando um homem fizer isso com sua esposa está na hora dela reagir colocando-o para f

Recife - Pernambuco, saiba mais sobre essa bela e receptiva capital!

Imagem
Que tal conhecer um pouco mais da Capitania Hereditária que deu certo?  Trata-se de Pernambuco, "Estado" criado pelo Rei Português, inicialmente como Capitania Hereditária em 1534 e doada a Duarte Coelho Pereira em 1535 para que este a pudesse administrar e fazê-la progredir. As Capitanias foi um sistema de administração da Colônia adotado pelo Rei de Portugal D. João III em 1534 que só foi extinto de vez em 1759 pelo Marquês de Pombal. Tratavam-se de grandes faixas de terra que iam do litoral ao interior e tinham como finalidade colonizar o Brasil, proteger e assegurar o território além poder usufruir de suas riquezas.  Infelizmente não funcionou muito bem. Apenas a Capitania de Pernambuco e São Vicente (hoje, SP) prosperaram. Mas por que apenas essas duas prosperaram?   Alguns historiadores dizem que as faixas de terras eram muito extensas, as terras eram inóspitas e os recursos não eram suficientes.   A maioria dos donatários eram da baixa nobreza, mesmo a

SUA MODA CASUAL

SUA MODA CASUAL
clique pra mais modelos

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *