22 de julho de 2019

O tempo não para...

Tic, tac, Tic, tac, Tic, tac....

O relógio não pára;

Estamos em 1969, período militar, quem governa o Brasil é o General Costa e Silva  - e ele o faz por meio do Ato Institucional mais duro da História - o AI 5, um tipo de Constituição que segrega, prende, tortura, mata, censura e até há um certo "toque de recolher"!

Todo tipo de pensamento e atitude distinta do que é pregado pode ser considerado ato de rebeldia e as pessoas que o fazem podem ser presas, torturadas, exiladas e até mortas por pensar e querer um governo mais aberto, mais liberal!

No entanto, é nesse momento que o Homem  chega à lua - não que o Presidente do Brasil, o de então, tenha nada a ver com isso; mas verdade seja dita, é um momento histórico para o mundo!

Final de junho daquele mesmo ano outro fato histórico!

Nasce Elane, uma pequena, chorona e questionadora criança - quiçá, tudo isso desde o ventre!

A pequena que chorava e questionava o mundo e os porquês, nunca obteve respostas - 50 anos passaram e ela sengue sendo a mesma chorona e questionadora de sempre!

Porque nascemos?  

Porque viemos ao mundo, sem que alguém (de algum lugar) nos questionasse se queríamos ou não estar aqui?  

Qual a finalidade disso tudo?  

Porque uns sofrem mais que os outros?  

Porque uns sequer usufruem do que chamam vida?  

Qual a finalidade do bem ou do mal estar?  

Para onde iremos após este pesadelo?

Viemos do nada e iremos para o nada?  Ou viemos do cosmo e retornaremos?

Quem não tem perguntas não merece respostas!  Quem não questiona nada e traga tudo, é um depósito!

Quando se tem tantas perguntas sem respostas fica difícil viver; mas, ainda mais difícil é acreditar em algo que não há provas; caminhar no escuro em direção ao NADA e crer estar caminhando em destino ao céu, ao paraíso ou a uma nova vida - uma reencarnação neste mundo de sofrimento, de dor e angústia!

Mas, reencarnação não parece ilógico?

Voltar a viver para pagar pelos erros que não sabe ter cometido?

Verdade que seria duro saber que está de volta - mas voltar a vida e reviver quase as mesmas agruras é por demais insano!

Perguntas que quiçá nunca possam ser respondidas; mesmo assim, caminhando em direção ao NADA, à escuridão eterna, prefiro acreditar que nunca mais tenha que pisar aqui - sou uma ET neste mundo; vivo à margem, sempre dando o melhor que há em mim; nunca esperando alcançar NADA - porque se vim do nada, sem pedir e terei que deixar este mundo o máximo que posso fazer é agora, e pelo agora - se hoje é o único que temos; se o passado não volta o que mais posso fazer a não ser o presente meu e o de alguém!

Doe-se, mas não espere nada em troca - nem do próximo que recebe, muito menos da eternidade ; seu momento, meu momento, nosso momento é agora - o amanhã nunca chega; quando chegar será hoje e o que você queria fazer naquele momento já será passado!
Elane Ferreira de Souza e o tempo

Por Elane Ferreira de Souza (Reflexões do dia de hoje) - ao distribuir ou copiar cite a fonte!

*Fale inglês rápido, do modo mais eficaz 
*Curso de e-social para a vida - aprenda a montar a sua própria empresa hoje, já! Acesso sempre aberto, preço imperdível!

*Vai se casar e a 'grana' está curta?  Que tal essas lindas alianças abaixo, afinal o tempo não para!











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um comentário ou envie uma pergunta

NEWSLETTER - SUBSCREVA

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner