27 de abril de 2019

"Ser MÃE é padecer no..."

Inferno?

Parece!

Já está ficando chata essa coisa de mulher famosa publicar suas mazelas da vida de mãe!

Quem te obrigou?

A mim ninguém nunca obrigou; nunca fui porque, EXATAMENTE COMO VOCÊS, não tenho dom para mãe!

Curti a vida adoidado, sempre postergando para ser mãe porque era meu último plano (enquanto não tivesse condições psicológicas e financeiras, não teria) como nunca tive, ficou para outra vida (se existir); ainda bem!

Mas que é chato ficar ouvindo e lendo isto, ahh, e como é:

"Adoro, amo meus filhos, mas não gosto muito de ser mãe"!



Apontaram uma arma na sua cara antes de te inseminar?  Que eu saiba não, né?

Teve filho pelo mesmo motivo que a maioria dos mortais (dos sem fama) tem: quer um enfermeiro(a) ou companhia na velhice e quando isso não acontece ficam jogando na cara tudo que fizeram por eles e blá, blá, blá...., como se os 'pobres' filhos (os já adultos) tivessem pedido para nascer e devesse algo!  

Filho não é uma 'extensão' sua - filho é para o mundo; nasceu de você mas não te pertencerá para sempre!

Os pais tem que entender que filho merece 'tudo'? Além de uma boa educação e muitooo AMOR, eles não pedem para nascer; alguns até preferiam não ter vindo ao mundo (eu sou um exemplo disso)!  Mas, FELIZmente amo meus pais e os cuidarei na medida do possível (pois vivo longe - perto, cuidaria melhor).

Sou favorável que quem não tem condições não procrie! E quem tem, tem que ter muito amor e vocação (presença na vida é imprescindível) - porque só bens materiais é pouco!

Após a maternidade você não pode ter a mesma vida de sua amiguinha que ainda não pariu - isso é importante saber!

Dá para voltar atrás? Claro que dá! Entregue para doação; tem muita gente com dom, amor e muita paciência querendo adotar! 

É o que pretende fazer uma senhora que acabo de ler a notícia: 

Mulher bipolar quer entregar filho adoção
Mulher bipolar grávida

Infelizmente, ela não se sente preparada emocional e fisicamente para criar o filho que ainda carrega no ventre. É bipolar! 

Pretende entregar o filho em adoção, por isso publicou em suas redes sociais pedindo opinião das pessoas do que fazer; se deveria deixar uma carta contando o porquê não criou, quais doenças tem a família e ela, sua origem, seus pais e mais detalhes (assim ficará fácil encontrá-la ou aos parentes um dia que a criança, ou já adulto, quiser saber). 

Os leitores, muitos deles pessoas que foram adotadas, deram boas dicas e a orientaram!  Ela também já sabe que isso será o melhor para a criança! 

Essa sim é uma mãe com consciência!

A outra "reclamona" famosa é a Luana Piovanni. Volta e meia aparece reclamando dos filhos - na última vez elas os chamou de saci (e são três); dom para mãe não tem; mas, ainda assim "pariu" três??

Será que a intenção é transformá-los em verdadeiros sacis, e a vida deles num inferno astral, na adultez?

Só parece!


Luana Piovanni reclamando dos filhos em Viagem à Paris

A pessoa vai a Paris com três crianças pequenas e quer que elas se  comportem como 'vegetais', é isso?  Sorte a dela que tem filhos assim: saudáveis, inteligentes e bonitos! Se fossem realmente crianças que 'parecem vegetais' ela iria ver como é!

A minha sobrinha tem três doenças que impediram ela, desde o nascimento: de andar, falar e só dá ataques. Hoje tem 21 anos e é um palito; só come comida triturada e faz as necessidades de 8 a 10 dias - é um sofrimento quando faz!

Minha irmã reclama?

Nunca!

Queria ser mãe?

Não!  Foi um 'acidente de percurso sexual' quando ainda era solteira!  Mas teve, não abortou e nunca pensou em abortar - pensou em dar para adoção mas minha mãe não deixou! 

Mesmo assim, cuida com o maior amor do mundo o 'bebê dela que hoje tem 21, mas é um bebê com tamanho quase normal de pessoa de 21 anos! 

Um "peso" físico para minha irmã, mas ela NUNCA RECLAMOU mas já tem problemas na coluna!  No entanto, faz uma vida normal; acho que é mais feliz que eu!

Mãe é isso! Dar amor e não esperar troca! Cuidar bem porque é filha e foi a responsável por trazê-la ao mundo!

Simples assim - meu recado para as "mães que amam seus filhos mas não gostam de ser mães"!  

COMO ASSIM, ISSO PODE - NÃO É UMA CONTRADIÇÃO? Uma falta de lógica total!

Por Elane F. de Souza (Advogada, Autora deste blog e de Divulgando Direitos, Diário de Conteúdo Jurídico blog e pg. do facebook); também estamos no JusBrasil.)
No youtube AQUI

*Os links das fontes das fotos estão nas próprias fotos

*Gostaria de saber como é uma pessoa depredadora, um vampiro emocional, um tóxico narcisista? Mães, Maridos, colegas de trabalho e 'amigos' podem ser assim e você nem se dá conta - apenas sente mal estar contínuo por estar ao lado - para saber mais CLIQUE AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um comentário ou envie uma pergunta

NEWSLETTER - SUBSCREVA

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner